7 actividades a não perder na Figueira da Foz

Estás neste momento provavelmente a pensar, “Mas o que tem a Figueira da Foz para me oferecer?”. A resposta é simples. A Figueira tem muito mais para te proporcionar do que pensas. E é sobre isso, que respondendo ao desafio da Momondo, vos falo hoje sobre 7 actividades a não perder nesta belíssima cidade.
Processed with VSCO with c1 preset2018-06-16 15.24.44
1. Passeio pela Marginal

Quer seja a pé ou de bicicleta a marginal da Figueira da Foz é imperdível para quem gosta de passeios junto ao mar.
Com uma extensão de aproximadamente quatro quilómetros, esta estende-se desde o Forte de Santa Catarina até ao Cabo Mondego.
Esta avenida é inspirada na avenida atlântica em Copacabana e ao longo do seu comprimento encontramos pontos de interesse tais como o Forte de Santa Catarina, a Esplanada Silva Guimarães, a Torre do Relógio, o Grande Hotel, o Oásis e o Forte de Buarcos.

Processed with VSCO with c1 presetProcessed with VSCO with c1 preset

2. Picnic na Serra da Boa Viagem

A Serra da Boa Viagem envolve a cidade da Figueira da Foz, possibilitando vistas únicas sobre a cidade, rio e mar. Grande parte da sua área localiza-se entre as cotas de 150 e 250 metros, sendo que o seu ponto mais alto se encontra nos 262m.
A Serra é rica em património cultural, arqueológico e paisagístico.
Sugerimos uma visita ao Farol do Cabo Mondego, um piquenique junto à bandeira (vértice geodésico e de onde se tem vistas lindíssimas sobre a zona norte do concelho) e para os mais destemidos sugerimos uma visita ao Parque Aventura.

2018-03-18 13.02.412018-03-18 13.15.01

3. Praticar desporto nas Abadias

O Parque das Abadias é o parque de excelência para os amantes de desporto. Devido à sua superfície plana e comprimento, realizam-se aqui várias provas desportivas de corta-mato. É considerado o pulmão verde da cidade e divide-a ao meio, prolongando-se desde a zona norte até ao Jardim Municipal.

2017-05-01 17.48.37

4. Ler um livro no Jardim Municipal

O Jardim Municipal da Figueira da Foz é o local perfeito para relaxar e fugir do calor dos meses do verão. Dotado de um parque infantil, o jardim é também um sítio perfeito para as crianças brincarem. Nas horas de maior calor, em que a praia não é recomendada é um boa opção ler um livro debaixo das muitas sombras que este local oferece e talvez até comer um gelado do muito antigo quiosque do jardim.
Durante as festividades da Páscoa e do Natal, o jardim transforma-se num local bem animado repleto de actividades para miúdos e graúdos.

5. Viver a noite no Bairro Novo

O Bairro Novo é o centro nocturno da cidade e não só. Esconde verdadeiras relíquias arquitectónicas e aquele que é o mais antigo casino da Península Ibérica, o Casino Figueira.
Seja para beber um copo com os amigos, apreciar um jantar especial ou assistir ao por-do-sol na Esplanada Silva Guimarães, o Bairro Novo é o sítio perfeito.

6. Ir às compras ao Mercado Municipal
O Mercado Municipal Engenheiro Silva foi inaugurado a 24 de junho de 1892, possui cerca de 4800m2 e insere-se na chamada arquitectura de ferro muito típica desta época. Tem sido ao longos dos anos alvo de sucessivas intervenções e melhoramentos, sendo que neste momento está dotado de muitos mais serviços que não apenas a venda de produtos alimentares tais como cabeleireiros, loja do cidadão, etc.
As manhãs no mercado são sempre bastante animadas e as bancas enchem-se dos mais variados produtos da época e não só. Damos particular destaque às bancas de peixe que assumem um papel ainda mais importante tendo em conta o facto da Figueira ainda ser uma cidade piscatória.

7. Explorar o Património Cultural
Património na Figueira da Foz é coisa que não falta. É uma cidade rica em história e isso é algo que podemos observar numa curta viagem pela cidade. Destacamos o Forte de Santa Catarina, localizado junto à foz do rio, a Torre do Relógio, a Esplanada e o Castelo Silva Guimarães, o Jardim Municipal, as Muralhas e o Castelo de Buarcos, a Casa do Paço, a Igreja Matriz, o Centro de Artes e Espectáculos, o Museu Municipal Santos Rocha, o Núcleo Museológico do Mar, o Núcleo Museológico do Sal, o Palácio Sotto Mayor e muito mais!

Processed with VSCO with c1 preset

Não é por ser a minha cidade, mas a Figueira deve de facto ser aproveitada e vivida por todos, durante todo o ano, tal é a beleza natural, cultural e arquitectónica que possui.
Caso estejam a pensar visitar a cidade pesquisem no site da momondo pelos melhores hotéis aos preços mais baratos.

Ivan

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *