8 sítios imperdíveis em Barcelona

Barcelona é a cidade espanhola que mais gosto de visitar. Já tive oportunidade de lá ir duas vezes, e acabo sempre surpreendido pela quantidade de coisas que ainda não vi e que ainda ficam por conhecer.
Num dos aniversários da Joana, em vez de oferecer os tradicionais perfumes, relógios ou roupa optei por oferecer uma viagem a Barcelona. Já tínhamos falado na hipótese de lá regressar algumas vezes, pois da última que lá tínhamos estado o tempo para visitar foi curto.
E assim foi, num dia bastante cinzento, embarcámos a bordo de um voo Ryanair com partida do Aeroporto Francisco Sá Carneiro e com destino a Barcelona El Prat.
Ao chegar à cidade a nossa surpresa foi enorme ao constatarmos que o dia chuvoso que tínhamos deixado no Porto se tinha transformado num bonito dia de céu azul e temperaturas agradáveis em Barcelona.

Ficámos hospedados no Hotel Lloret Ramblas, situado no coração de Barcelona. A localização do hotel foi sem dúvida um ponto bastante positivo, pois para qualquer lado que quiséssemos ir, tínhamos sempre transportes disponíveis vinte e quatro horas por dia. O quarto era limpo, os funcionários atenciosos e deixaram-nos deixar as malas no hotel até à hora de partirmos para Portugal.

Falar com os catalães, sim, eles não se consideram espanhóis, pode ser complicado, uma vez que eles quando se dirigem a nós utilizam sempre como primeira língua o catalão, mas caso falemos castelhanos com eles, eles respondem também em castelhano. De uma maneira general, os catalães são muito orgulhosos relativamente à Catalunha e é frequente vermos fixadas nas janelas bandeiras independentistas.
Durante os quatro dias em Barcelona, nunca nos faltaram monumentos para fazer, ruas para explorar e actividades para experimentar. Aqui ficam entãoalgumas sugestões a não perder:

Ramblas 
Ir a Barcelona e não caminhar pelas Ramblas é como ir a Roma e não ver o Papa. Todas as ruas vão dar a esta famosa artéria de Barcelona, que durante noite e dia conta com bastante animação, arte de rua, senhoras a vender recuerdos e imensos turistas a passear.
É uma zona agradável para dar um passeio e apreciar algumas das lojas mais conhecidas sendo também uma boa área para almoçar, jantar ou até comer um gelado.

Mercat St. Josep – La Boqueria 
Este vibrante mercado fica situado em plena Rambla e deixa-nos de água na boca. Apesar de cada vez mais ser um mercado turístico, nele podemos apreciar, uma enormidade de fruta, vegetais, chocolates, pão, doces, marisco e muito mais. É sem dúvida alguma ponto de paragem obrigatória, quer seja para apenas apreciar as vistas, ou para experimentar uma das suas iguarias.

Barceloneta 
La Barceloneta é um bairro costeiro da cidade de Barcelona, construído depois destas terras terem sido ganhas ao mar durante o século XVIII. Esta área é perfeita para quem quer relaxar e aproveitar um pouco tempo agradável que a cidade tem para nos oferecer. Durante os meses de primavera e verão são muitos os turistas que a invadem para dar um mergulho na sua praia.

9

Park Güel 
Este parque concebido por Gaudí, situa-se no bairro de Grácia e foi inicialmente desenvolvido com o objectivo de ser uma urbanização, mas devido ao fracasso de vendas acabou por ser vendido ao município de Barcelona em 1926. Em 1960 foi declarado Monumento Histórico e Artístico de Espanha e em 1964 foi declarado Património da Humanidade pela Unesco.
Foram bastantes as horas aqui passadas a apreciar todos os recantos deste magnifico parque e foi provavelmente a minha atracção preferida da cidade.

Sagrada Família
Iniciada em 1882 pelo arquitecto António Gaudí, este templo ainda se encontra em construção, sendo considerado por muitos a sua verdadeira obra-prima.
Visitar Barcelona e não dar um saltinho à Sagrada família é uma falha terrível. Devemos admirar a fachada, vitrais, arte sacra e ainda visitar as torres do templo.
A visita deve iniciar-se o mais cedo possível, uma vez que numa questão de minutos, longas filas se começam a formar ao redor da catedral.

12

13

El Gótic 
O El Gótic é o centro de Barcelona, e como qualquer centro histórico de uma cidade deve ser admirado pela cultura que nos transmite. O seu nome deriva do estilo arquitectónico mais presente nesta área da cidade.
O bairro esconde imensas surpresas e, se tiverem tempo, deverão passar horas a descobri-las, perdendo-se numa das mais bonitas áreas de Barcelona.

20

Montjüic 
Montjüic foi para nós uma das maiores surpresas da viagem. Quando saímos do metro na Plaza de España, começámos a caminhar em direcção ao belíssimo Palau Nacional, onde tivemos oportunidade de admirar a famosa Fonte Mágica e magnificas vistas sobre a cidade.
Atrás do Palau Nacional situa-se a zona Olímpica do Jogos de 1992, onde podemos encontrar a tocha, o estádio olímpico, ginásios e piscinas.
Para visitar o castelo de Montjüic terá que se apanhar o teleférico, que vale bem a pena, uma vez que as vistas sobre Barcelona são deslumbrantes.
Na hora de regressar à cidade, a melhor opção é apanhar o funicular, para não ter de fazer todo o caminho inverso.


Plaza de Catuluña 

Caso um dos motivos da vossa viagem seja compras, não podem perder a Plaza de Cataluña onde se encontram algumas das mais prestigiadas marcas mundiais, no maior El Corte Inglés em funcionamento. Os preços não são baratos, mas vale a pena dar uma vista de olhos.

21

Está na hora! Façam as malas e partam à descoberta.

Ivan

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.