3 Dias em Berlim – Parte III

Depois de um primeiro e segundo dias frenéticos em Berlim, decidimos tirar o dia para sair da cidade e irmos conhecer um pouco mais da história dos campos de concentração nazis.
O campo que fica mais próximo da cidade é o de Sachsenhausen, localizado na cidade de Oranienburg, a 50 minutos de comboio do centro de Berlim.
Ao chegar à estação de Oranienburg existem duas hipóteses para chegar ao campo, ir de autocarro ou ir a pé. Claro que nós optámos por ir a pé. O trajecto faz-se bem e ainda aproveitamos para conhecer um pouco da cidade.

 Processed with VSCO with g3 preset

O campo de concentração de Sachsenhausen ficou marcado na história por ser o primeiro a ser construído pelos nazis com o objectivo de eliminar judeus, políticos, ciganos, homosexuais, testemunhas de jeová e mais tarde prisioneiros de guerra.
Com o fim da guerra o campo de concentração alemão deu origem a um campo soviético onde foram mantidos os prisioneiros de guerra, anticomunistas e funcionários do regime nazi.
O campo choca pela sua história e pelo ar pesado que lá se respira ainda nos dias de hoje. É um sitio que deve ser respeitado para que acontecimentos inumanos como os que lá se passaram, não se voltem a repetir.
2017-02-28 11.55.43-22017-02-28 12.04.482017-02-28 14.01.51-2
A visita demorou toda a manhã, mas por volta das 14h já estavamos despachados e prontos para aproveitar o que ainda restava da nossa estadia em Berlim.
Voltámos à estação de Oranienburg e apanhámos o comboio de regresso para a cidade.
Faltava-nos visitar a parte ocidental e Berlim e portanto pareceu-nos óbvio o que tínhamos de fazer, visitá-la. Começamos por visitar Igreja Memorial Imperador Guilherme construída em 1890 e destruída na Segunda Guerra Mundial durante a batalha aérea de Berlim.
2017-02-28 16.56.59
Construída ao lado das ruínas da antiga igreja encontra-se edificada a nova catedral desenhada por Egon Eiermann começada a contruir em 1959 e inaugurada em dezembro de 1961.
Depois desta breve visita ainda houve tempo para passear um pouco mais pela Kurfürstendamm, a avenida onde se encontram as mais famosas lojas da cidade, comprar recordações e apreciar o quão bom é viajar.
Ivan
 

Seguir:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *