Antuérpia, um diamante da Bélgica

Em Junho fomos à Bélgica. Aproveitámos um fim de semana prolongado e partimos. Bruxelas era uma vontade antiga, mas não nos queríamos ficar por aí então surgiu a ideia de visitarmos Antuérpia e Bruges. O voo levou-nos até Bruxelas, do aeroporto partimos de comboio até Antuérpia onde passámos um dia. No dia seguinte, fomos novamente de comboio até Bruges, onde também passámos um dia. Na manhã seguinte partimos rumo a Bruxelas. Posso dizer-vos que começámos esta viagem pelo melhor: Antuérpia e Bruges excederam as expectativas. Mas hoje estou aqui para vos falar sobre Antuérpia. 

Processed with VSCO with a5 preset

A Antuérpia situa-se na Flandres, é a segunda maior cidade da Bélgica, uma vez que Bruxelas é a primeira. Tem cerca de 500 mil habitantes e é mundialmente conhecida pelos diamantes. É em Antuérpia que se negoceiam os diamantes brutos e lapidados e a sua exportação representa uma parte significativa das exportações da Bélgica. A origem do nome Antuérpia vem de um gigante que vivia junto ao rio e cortava as mãos a quem não pagasse para entrar. Mais tarde, o gigante foi morto e atiraram a sua mão ao rio, o que levou ao nome da cidade Hant Wearpen (mãos arremessadas) e que mais tarde viria a ser Antwerpen. É também mundialmente conhecida devido ao seu porto e à realização de trocas comerciais, o que tornou a cidade num centro comercial muito importante.

Antuérpia tem uma das mais belas estações de comboio, quase que me atrevo a dizer, do mundo! A sua arquitectura é belíssima, estilo neobarroco, rica em detalhes e por isso é uma linda porta de entrada para a cidade para que aqueles como nós, chegam de comboio. É luminosa, imponente por isso numa visita a Antuérpia tentem não chegar com pressa de forma a poder admirar esta maravilha. Ficámos fascinados!

À medida que percorríamos a cidade ficámos admirados com a quantidade de restaurantes ali à volta, assim como lojas de jóias e diamantes, com o movimento das ruas, com as imensas pessoas que caminhavam. Da estação central até à zona comercial onde encontramos as lojas, supermercados, entre outros, demorámos cerca de 20 a 30 minutos a pé. É uma cidade que pede para ser conhecida caminhando porque tem uma atmosfera surpreendentemente agradável.

No centro histórico encontramos a famosa Catedral de Nossa Senhora, a sua torre consegue avistar-se a uns bons quilómetros dela e logo ao lado temos o Grote Markt onde vale a pena apreciar a beleza arquitectónica dos edifícios que rodeiam a praça. É frequente encontrar-se mercados, feiras e outros eventos pois é uma zona animada da cidade. Vale a pena, se o clima estiver ameno, desfrutar de uma das esplanadas que por ali há, para apreciar o ambiente e a envolvência da cidade.


Vale ainda a pena visitar a igreja de Saint Paul e caminhar em direcção ao rio para encontrar o castelo Steen, onde podemos ver a estátua do gigante que vos falei há pouco. Para os amantes da arte, Antuérpia conta com alguns museus onde se pode contemplar obras de artistas de renome.

Antuérpia deixou-nos um brilho no olhar. Foi uma cidade que se revelou uma surpresa muito bonita, ou não fosse ela um diamante da Bélgica.

Até à próxima,

Joana

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.